Vitrine do samba

Liga de Cabo Frio e Morada do Samba divulgam os campeões do carnaval 2012


Publicado em 23 fev 2012

No carnaval de 2012, cerca de oito mil pessoas por dia compareceram os três dias de desfile, nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro, na Morada do Samba, segundo dados da Liga das Escolas de Samba de Cabo Frio. A Morada do Samba recebeu ao todo 14 agremiações para o carnaval: “Gentileza gera gentileza, alegria gera alegria. Carnaval 2012: de gente para gente”.

Os desfiles dos três dias tiveram início por volta das 22h. No primeiro dia, domingo, 19 de fevereiro, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Arrastão da GB, trouxe para avenida o enredo “Em cada verso, em cada parte. Hoje o Arrastão canta o manifesto das artes”. Logo depois, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Jardim Esperança desfilou, com o enredo “Aliviar, tratar, prevenir ou curar. É sempre bom remediar”. A comissão de frente com cores verdes, falava da saúde, da prevenção e da cura.

A terceira escola a desfilar pelo Grupo de Acesso, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Vermelho e Branco, campeã do Carnaval 2012 do Grupo de Acesso, apresentou o enredo “Cachaça, futebol e carnaval: paixões nacionais.”

A vibração da escola, através de carros e fantasias de cores vibrantes e alegres contagiou os jurados e toda a avenida, desde arquibancadas até os camarotes. Com a letra na ponta da língua e muito samba no pé, a escola do bairro União levantou a Morada do Samba, contagiando todos os presentes.

Fechando a primeira noite de desfile, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Aquárius homenageou o advogado Cláudio Mansur contando sua história profissional e pessoal, através do enredo “Dura Lex, sed lax, a alegria, o conhecimento e a justiça do jurista Cláudio Mansur”.

            Na segunda-feira, dia 20 de fevereiro, cinco agremiações desfilaram na passarela da Morada do Samba. A primeira delas foi a escola de samba União dos Bairros, que iniciou seu desfile por volta das 22h e trouxe cerca de 700 componentes para a avenida.

Com o enredo “Morro, de inspiração dos poetas às páginas dos folhetins! A União dos Bairros vem contar uma história e sonhos e realidade”, a escola se destacou pelos carros que colocou na avenida. O abre-alas representava uma favela com seus barracos e o último, trazia o mestre Clarêncio, do grupo Bonecart, com seus bonecos de mestre-sala, porta-bandeira e passistas.

Logo após, o Grêmio Recreativo Associação Folclórica Escola de Samba Antiga Abissínia começou seu desfile, trazendo 600 componentes e uma bateria que contou com 70 ritmistas que foram destaque no desfile da escola. Os intérpretes do samba enredo (“Que o amor dure para sempre e que sempre seja todo dia”), arrancaram aplausos das arquibancadas lotadas, que prestigiaram também o mestre de bateria e seus auxiliares.

A agremiação Sol a Sol foi a terceira escola a desfilar no primeiro dia do grupo especial, apresentando o enredo “Eirunepé”, desenvolvido pelo carnavalesco Plínio Santos. O carro abre-alas apresentava as cores da escola, vermelho, laranja e amarelo, com belíssimas mulheres em fantasias indígenas. Outro destaque da escola foi o intérprete, Dalmir Senos que acompanhou os 70 ritmistas da bateria, que tem Sid como mestre e Adrianinha como rainha.

Logo em seguida, a escola Flor da Passagem apresentou seu enredo “Bravo, bravíssimo, nas mágicas luzes da ribalta, abram-se as cortinas, o show tem que continuar”. A escola trouxe a belíssima voz do intérprete Jorge Villas e do acompanhamento do coro erudito de Suziane Borges que entonava o enredo que veio falando de arte, numa combinação harmônica através das cores da escola, o azul e branco. E também uma comissão de frente com bela fantasia e maquiagem, além de uma coreografia afinada e conforme o andamento do desfile.

Encerrando o último dia de desfiles, a agremiação Unidos da Esperança, escolheu o pão para desenvolver o enredo “O pão nosso de cada dia”, com cerca de 650 componentes. Quando os últimos 70 ritmistas voltaram do recuo, as cores da escola, o verde e branco, apareceram realçados no carnaval de Ezequiel Silva quando uma grande padaria ambulante; com forno, coifa, vitrine, atendentes; surgiu do carro que distribuía pãezinhos para uma plateia faminta de carnaval.

            A Morada do Samba recebeu na noite do segundo dia dos desfiles do grupo Especial, terça-feira, dia 21 de fevereiro, quatro agremiações que fecharam os desfiles do carnaval 2012: Império de Cabo Frio, com o enredo “Homem e máquina: semelhanças da vida”; Acadêmicos de Tamoios, com o enredo “Tamoios contam uma história das arábias”; Em Cima da Hora, com o enredo “Rio de Aurora, Rio de outrora” e Paz e Harmonia, com o enredo “Se correr o medo pega, se lutar o medo corre”.

A primeira escola a desfilar nessa terça-feira foi a Império de Cabo Frio. Com o enredo “Homem e máquina: semelhanças da vida”, um total de cerca de 750 componentes, 14 alas, quatro carros alegóricos, 75 ritmistas na bateria, a Império entrou na avenida homenageando seu presidente, o artista e carnavalesco Zé de Kanô que faleceu nos preparativos para o carnaval desse ano. A bateria, ponto forte da escola, deu o ritmo para o canto entoado em memória ao ilustre e querido presidente: “Coração imperiano não se cansa de bater, vou cantando alegremente, sou Império até morrer”.

A escola Acadêmicos de Tamoios entrou por volta das 22 horas na avenida, com o enredo “Tamoios conta histórias das arábias”. A escola fundada em 2005, nas cores vermelho e branco, trouxe 680 componentes, três carros alegóricos, 15 alas e 65 ritmistas sob a liderança do mestre Saulo Felix.

A escola Em Cima da Hora contou a história da cidade do Rio de Janeiro, através do enredo “Rio de Aurora, Rio de Outrora”. Com 600 componentes, a escola que tem as cores azul, amarelo, vermelho e branco no seu pavilhão, levou 16 alas, 3 alegorias e muita animação com os intérpretes Valfredo, Jorjão do Jacaré e Mano do Cavaco.

Fechando os desfiles do Carnaval 2012 da Liga de Cabo Frio, a escola Paz e Harmonia, do carnavalesco Tonny da Paz, também autor do enredo “Se correr o medo pega, se lutar o medo corre”, entrou na passarela com 860 componentes, 75 ritmistas, 18 alas, mostrando na avenida, nas cores amarelo, azul e branco, as diversas facetas do medo com fantasias inusitadas e criativas.

            Apuração – Aconteceu na última quarta-feira, às 18 horas, a apuração das notas dos jurados a respeito dos quesitos alcançados pelas agremiações nos desfiles, no grupo da Comunidade, de Acesso e Especial.

            Através da Coordenação do jurado Paulo César, foram abertos os envelopes na Morada do Samba na frente dos presidentes das agremiações. Para o ano de 2012, a Liga contratou a empresa Expert, empresa transportadora de valores, que recolheu os envelopes no final dos três dias e ficou com a custódia dos mesmos até a hora da apuração.

            O resultado da apuração para o grupo da Comunidade foi que a escola Cabeçorra conseguiu alcançar todas as obrigatoriedades no seu desfile a uma semana do Carnaval, no dia 11 de fevereiro, e está apto a desfilar no Carnaval 2013 no Grupo de Acesso.

            No Grupo de Acesso, a escola campeã foi a Vermelho e Branco, que encantou os jurados num enredo que misturava elementos bem brasileiros: a paixão do Brasil pela cachaça, futebol e pelo carnaval. A agremiação do Grupo de Acesso que caiu para o grupo da Comunidade foi a escola de samba Arrastão da GB.

            E a grande campeã do carnaval 2012 no Grupo Especial foi a agremiação vice-campeã de 2012, a escola de samba Em Cima da Hora, que apresentou um desfile técnico, belo, coeso e empolgante. Ao falar do Rio de Janeiro e sua história, a escola alcançou o merecido título, através de muita garra, paixão, empolgação e beleza na avenida.

            Devido aos problemas em relação ao carnaval passado e a permanência por isso de nove escolas no Grupo Especial, ficou decidido em assembleia da Liga das Escolas de Samba que duas agremiações desceriam para o grupo de acesso no carnaval 2012, que ficará com cinco escolas em 2012 e mantendo em oito, o número de escolas que desfilam pelo Grupo Especial, segundo estatuto interno da instituição. As duas agremiações que caíram para o grupo de Acesso foram a União dos Bairros, que subiu ao Especial no carnaval passado e a Acadêmicos de Tamoios.

Fotos: Eliethon Dias

 

 

Premissa Comunicação Corporativa

Uma resposta para “Liga de Cabo Frio e Morada do Samba divulgam os campeões do carnaval 2012”

  1. larissa falcão disse:

    gostaria de comunicar que adorei o resultado deste ano ;mas eu gostaria tambem de poder ver as fotos de todas as rainhas de baterias ;pois eu fui da paz e harmonia e não tive muito acesso as fotos ;obrigdo desde já .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.