Vitrine do samba

Planejamento – Regina Passaes


Publicado em 17 maio 2012

PLANEJAMENTO

Por Regina Passaes

Estamos já quase no meio do ano de 2009 e, diferente dos anos anteriores, o troca troca de carnavalescos, intérpretes, casal de mestre-sala e porta-bandeira parece que ainda não acabou. Muitas Agremiações ainda não se acertaram. Tem muita gente ainda com a casa desarrumada. Isso não é um bom sinal.

Outro ponto bem relevante é o não lançamento de enredos. Temos conhecimento de um número bem pequeno de enredos já anunciados. Será que a maioria ainda está correndo atrás dos chamados “enredos de patrocínio”?

Como já comentei em um artigo anterior, isso é bastante perigoso uma vez que pode não acontecer o esperado e, corre-se o risco de ter de fazer um enredo  de última hora que pode não render bons resultados.

A preocupação  com o vai e vem de pessoas e com pires para atrair patrocínio esbarra em uma questão que parece não ser a preocupação de muitos dos gestores: o planejamento para a realização de um trabalho sem atropelos.

Comparando uma escola de samba com uma empresa, precisamos entender que em ambos os casos é preciso traçar, com antecedência, um planejamento para que as metas sejam cumpridas da forma mais eficaz e eficiente possível. Um bom gestor já deve ter com bastante antecedência os objetivos a serem alcançados. E, caso tudo seja resolvido tardiamente, essas metas e objetivos podem vir a não acontecer.

Vale lembrar, que já estamos próximos do início da apresentação de sinopses para os compositores e logo em seguida a apresentação dos sambas concorrentes em suas quadras. Dessa forma não nos causará surpresa quando começarmos a ler que “a safra desse ano não é boa”. Isso já está se tornando um lugar comum. A correria e a falta de planejamento de alguns dirigentes possibilitam esse acontecimento desastroso.

Diferente do pensamento de alguns dirigentes, patrocínio (para aqueles que não sabem viver sem) é algo que já se procura antes mesmo de se terminar um carnaval.

Vocês devem estar perguntando: Como antes de acabar um carnaval? A resposta é simples. Se o patrocínio se concretizar antes do início do próximo trabalho, o planejamento e as metas acontecerão de uma forma muito mais suave e os resultados certamente serão muito mais satisfatórios.

O início de um trabalho tardio irá influenciar em todos os setores da Agremiação passando por figurinistas, ferreiros, marcineiros, costureiras, aderecistas, etc. Enfim, atrapalha a criação e a execução de todo um trabalho.

Um gestor realmente preocupado e compromissado com a sua Agremiação saberá sempre a importância de um bom planejamento.

Regina Passaes  é  residente no Rio de Janeiro, Professora de História e Bacharel em Administração de Empresas
e-mail: reginabaiana@ig.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.