Vitrine do samba

Renascer de Jacarepaguá promove Egili Oliveira a Madrinha


Publicado em 7 ago 2018

Renascer de Jacarepaguá promove Egili Oliveira a Madrinha

Foto Léo Cordeiro

Sambista desfila pela escola há seis anos

A Renascer de Jacarepaguá, que na última semana confirmou Silvia Schreiber com rainha de bateria pelo segundo ano consecutivo, decidiu promover Egili Oliveira, primeira musa da escola, a madrinha. A sambista, que já defende as cores da escola há seis anos virá abrindo o desfile que vai falar sobre a festa em homenagem a Iemanjá, que acontece no dia 2 de fevereiro, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. “A Renascer é uma escola que valoriza muito quem veste a camisa e está com a gente em todos os momentos e a Egili é uma dessas pessoas. Há seis anos ela vem como musa, propaga o nome da Renascer internacionalmente e ainda tem o desafio de treinar as musas estrangeiras no quesito samba no pé e canto. Todos gostam muito dela e achamos que é uma homenagem merecida dar o título de madrinha a ela”, diz Tatiana Mello, gestora da vermelha, branca e amarela.

Atriz e professora de samba no pé, Egili é nascida na Bahia, mas elegeu a Cidade Maravilhosa como sua casa. Já foi rainha de bateria da União do Parque Curicica e destaque da São Clemente, mas leva a Renascer no coração. “Estou mais do que feliz em ter esse título de madrinha da escola. Isto mostra que minha dedicação e meu amor pela Renascer são reconhecidos e eu nunca duvidei disso. Já era muito feliz como musa e sempre tentei divulgar a escola da melhor forma possível através do meu trabalho e não será diferente agora, pelo contrário, a responsabilidade é muito maior. Somos uma família, todos são unidos em colocar a nossa escola no topo e acho que isso faz a diferença. Aqui o posto é um detalhe, o que importa é o sucesso da Renascer. Tivemos um desfile lindo em 2018 e tenho certeza de que ano que vem vai ser ainda melhor”, diz a nova madrinha da escola.

Em 2019, a Renascer de Jacarepaguá será a segunda escola a desfilar no sábado de Carnaval, 02 de março, com o enredo “Dois de Fevereiro no Rio Vermelho”, dos carnavalescos Alexandre Rangel e Raphael Torres. A escola, que completou 26 anos na última semana, vai lançar o samba-enredo no início de setembro. A composição é assinada por Moacyr Luz, Cláudio Russo e Diego Nicolau.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.