Vitrine do samba

Unidos da Tamandaré – História


Publicado em 1 dez 2013

UNIDOS DA TAMANDARÉ 2014

Tamandare_logo novo

FICHA TÉCNICA

Data de Fundação: 07 de julho de 1967
Cores: Azul e Branco
Quadra Social: Rua Paissandu, 250 – Centro

DIRETORIA

Presidente de Honra: Marcelo Caetano Valladares Coutinho (Celão)
Presidente: Flávio Henrique Reis Macedo
1º Vice-Pres. Executivo: Alexandre Silva (Xande)
2º Vice-Pres. Executivo: Sebastião Fernando Reis Macedo (Nando Macedo)
Vice-Pres. Carnaval: Luciano Wagner da Silva
Vice-Pres. Educação e Cultura: Bruno S. Barreto
Tesoureiro: Alexandre Luiz da S. Bento (Piru)
Secretária: Kátia Cristina Leite
Pres. do Conselho: José Cosenza B. Neto (Zé Neto)

ENREDO

“O REINO ENCANTADO DOS CANGACEIROS DA PAZ”
Carnavalesco: Sandro Rauly

SAMBA DE ENREDO

Coordenação Musical: Gu 7 Cordas e Flavinho do Cavaco
Compositores: Flávio Macedo, Denílson França, Badá, Terrão, Flavinho do Cavaco, Xande e Fandangos
Intérprete: Luizinho Andanças

Letra

Meu samba é um repente no Sertão
Tecendo um cordel de poesias
Sou cabra da peste, filho do Nordeste
No chão rachado semeando a alegria
De sol a sol luto sem desanimar
E quando é noite, vem o afago do luar
Mistérios, assombrações fazem arrepiar…
sai pra lá Boitatá
Na minha proa a Carranca é proteção
No “Velho Chico” navegando a emoção
Entre veredas e caatinga, meu Cangaço é de Paz

Tem canto e dança meu amor
Bumba meu boi, Maracatu e São João
Cabra macho é Virgulino, salve Mestre Vitalino
A arte com xaxado e baião

Vem provar vatapá, caruru, abará
A sanfona é quem vai ditar o tom
Rendeiras, pastorinhas a dançar
No meu alforje trago minha oração
Padim Ciço abençoe meu caminhar
Pra lavagem do Bonfim, água de cheiro
Mão Baiana sarava
Mandacaru vai florescer, a Asa Branca regressar
O meu Reino está em festa
É o Nordestino celebrando o Carnaval

Bate forte em meu peito essa paixão…
Sou TAMANDARÉ
Tenho sangue de guerreiro
Sou alegre e festeiro
Na luz Divina vou guiando minha fé

____________________________________________________________

HISTÓRICO DA UNIDOS DA TAMANDARÉ

Fonte: antigo site da OESG (fora do ar)

Tamandare_logo novo

Década de 60. O mundo parece estar em ebulição. As descobertas científicas e as relações sociais mudam numa velocidade até então inédita. As mulheres protagonizam a chamada “Revolução Sexual”. O homem prepara-se para “pisar na Lua” e transformar o curso da história da humanidade. O Brasil vai descobrindo sua identidade e o Carnaval Brasileiro conquista o planeta.

Sob este contexto que um grupo de amigos, integrantes do time de futebol do bairro da Tamandaré, decide criar e fundar o “Bloco Carnavalesco da Tamandaré”. O bloco seria, em seguida, o embrião do Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba “UNIDOS DA TAMANDARÉ”, que desfilaria pela primeira vez no Carnaval de Guaratinguetá no ano de 1970.

Mesmo debutando naquele ano, recebeu o prêmio de melhor conjunto e fantasia. Mas, seria somente em 1974, com suas idéias singulares e a paixão pelo que fazia, que um jovem carnavalesco chamado José Moacyr, iria mudar para sempre a história da agremiação e da própria festa momesca guaratinguetaense.

Durante as décadas de 70 e 80, a Escola obteve inúmeros títulos e conquistou os corações e mentes de toda cidade com seus geniais enredos. Em 1989, José Moacyr partiria precocemente para outro cenário, deixando o palco do carnaval menos iluminado e mais melancólico.

O carnavalesco seria homenageado no ano seguinte por sua agremiação, através de um enredo tecnicamente perfeito, “Estrela Maior”, conquistando o título e recebendo a melhor homenagem que um sambista gostaria de obter. Sua semente estava plantada.

Uma resposta para “Unidos da Tamandaré – História”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.