Rosas de Ouro disponibilizará time de canto para defender sambas concorrentes de fora de São Paulo

Publicado por Rota do Samba em

Rosas de Ouro disponibilizará time de canto para defender sambas concorrentes de fora de São Paulo

 Rosas final de samba enredo 2014

Pela primeira vez, uma agremiação paulistana inova e abre seu concurso de samba-enredo em nível nacional para que os compositores de todo país tenham a mesma chance de concorrer com parcerias da capital. A sinopse e todas as informações já estão no site oficial da escola no link Carnaval 2016.

A inscrição e o envio da obra para os compositores de fora da cidade de São Paulo serão feitos através do site www.sociedaderosasdeouro.com.br, entre os dias 21 e 31 de julho. Os grupos da capital entregarão suas composições pessoalmente somente no dia 31 de julho, durante a festa julina da agremiação.

Com esse novo formato, os compositores de todo Brasil terão, pela primeira vez, a chance de concorrer igualmente com as parcerias paulistanas no concurso de escolha do samba- enredo da Sociedade  Rosas de Ouro.  “A partir dessa inovação, a Sociedade Rosas de Ouro espera receber sambas que transmitam toda a emoção  e força que nosso enredo  “Arte à Flor da Pele. A Minha História vai Marcar Você” traz, diz Angelina Basílio, presidente da escola.

Para isso, algumas regras de estrutura do concurso foram adequadas como, por exemplo, a disponibilidade do time de canto da Roseira para executar com excelência os sambas das parcerias do interior e de outros Estados que forem classificados.

O intérprete oficial Darlan Alves não participará como cantor, mas estará coordenando o time para garantir que a apresentação seja impecável. “À frente estará o intérprete Tuca Maia que, junto com a ala musical, fará  apresentações perfeitas das obras que chegarem. Estamos muito empolgados esperando por essas canções”, afirma Darlan. A ala musical da Rosas de Ouro é composta por Tuca Maia, Camila Regina Freitas, Amanda Oliveira e Thiago Lima.

Inscrição e prazos

Os compositores do interior e de outros Estados deverão se inscrever através do site da Rosas no prazo de 10 dias, entre os dias 21 e 31 de julho. Haverá ficha de inscrição, envio do samba em MP3, letra da obra e pagamento da ficha de inscrição no valor de R$150. Para os compositores da capital, a entrega do samba será feita no dia 31 de julho na festa julina, até a meia noite.

Após o recebimento das obras, elas serão avaliadas pela comissão julgadora e 30 composições serão validadas. A partir daí, as obras serão divididas em duas chaves: azul e rosa para serem defendidas por seus autores, intérpretes ou time de canto da Rosas.

Às sextas-feiras do mês de setembro, acontecerão as apresentações em quadras das chaves azul e rosa, respectivamente, nos dias 4 e 11, de onde sairão os sambas classificados para a semi-final, que será realizada no dia 18 de setembro. A grande final acontecerá no dia 25 de setembro.

.
Por Lara Schulze

 


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.