“São duas Bandeiras, um só coração”: Império de Casa Verde define o samba que homenageará o Líbano no Carnaval

Publicado por Rota do Samba em

"São duas Bandeiras, um só coração": Império de Casa Verde define o samba que homenageará o Líbano no Carnaval

Libaneses e brasileiros cantaram numa só voz o samba campeão da noite.

A escola de Samba Império de Casa Verde definiu durante a noite (7;9), em sua quadra social o samba enredo que exaltará o Líbano no carnaval de 2020.

Com três sambas na disputa, não faltou torcida e emoção para retratar em forma de canção o povo a união e a cultura libano-brasileira.

Com bandeiras nas mãos, uma comitiva com mais de cem libaneses residentes em diversos estados brasileiros compareceram exclusivamente para ouvir o hino em homenagem a respectiva terra natal. Os convidados presentes puderam acompanhar além dos sambas concorrentes um show árabe realizado por algumas componentes da agremiação e um show completo do tradicional e reconhecido grupo folclórico 1001 Noites.

Já era madrugada quando o intérprete oficial da agremiação, Carlos Jr., revelou o samba 8 de autoria dos compositores: Chefia, Carlos Jr, Gui Cruz, Armênio Poesia, Darlan Alves, Fredy Vianna, Rodrigo Minuetto, Rodolfo Minuetto e Xandinho Nocera como vitorioso pela disputa para o próximo carnaval .

” A cada dia que passa estamos mais próximos da realização de um sonho”, destaca o libanês Miled Khoury.

Com o Enredo: “MARHABA LUBNÃN” a agremiação será a 6ª a se apresentar no sambódromo do Anhembi na sexta-feira (21/2).

CONFIRA O SAMBA CAMPEÃO:

“Marahba Lubnãn”
Compositores:
Chefia, Carlos Jr,Gui Cruz, Armênio Poesia, Darlan Alves, Fredy Vianna, Rodrigo Minuetto, Rodolfo Minuetto e Xandinho Nocera

Vem das mãos do criador
O cedro que a história preservou
Guardiões da terra prometida
Relevam magias,o sopro da vida
Nação milenar
O sol não se esconde
Guerreiros ao mar
Além do horizonte
Seguem Ao toque do vento
As dobras do tempo na imensidão
Das divindades a fé e a proteção

*Tantas emoções ao lutar*
*Pra te defender, por te amar*
*Se a Lagrima rolar,Faz parte da missão*
*A força de uma nação*

Herança que ao mundo seduzia
A brisa se espalhava pelo ar
Das cinzas uma lenda renascia
Um sonho para imortalizar
Oh meu Brasil!
Hoje a sua alma é libanesa
Um elo de amor que não desfaz
Meu Tigre guerreiro num canto de paz

*Tá escrito nas estrelas*
*Que Deus é por nós*
*A Casa Verde é a nossa voz*
*Eu sou Império mais um filho deste chão*
*São duas bandeiras, um só coração*

Créditos Foto: Duda Morais
Fonte: Assessoria de Imprensa Escola de Samba Império de Casa Verde
.
Pedro Migliolli



0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.