Vitrine do samba

Guaratinguetá: Carnaval 2013 – indefinições pairam no ar!


Publicado em 3 dez 2012

UNS DIZEM QUE SIM; OUTROS DIZEM QUE NÃO.

Coluna Samba&Cia

Por Mário Santos

Ao que tudo indica, o futuro do Carnaval 2013 de Guaratinguetá deverá começar a ser definido nos próximos dias. É que segundo informações, acontece nesta semana o julgamento do Recurso Especial impetrado no Tribunal Superior Eleitoral pelos advogados do prefeito eleito, Francisco Carlos, o que vai definir quem será de fato o prefeito a assumir o cargo em 1º de janeiro. Caso não ganhe o recurso, Miguel Sampaio deverá ser proclamado o novo mandatário do poder público municipal. Esse é, de acordo com diversas pessoas do mundo do samba, um dos pontos cruciais de interrogação sobre a questão “vai haver ou não Carnaval?”. Mas não é só isso. Vejam.

            É voz corrente na cidade que os sambistas pleiteiam uma verba maior em relação a que tem sido destinada às Escolas de Samba nos últimos anos. Como se sabe, Francisco Carlos não compartilha do pensamento em oferecer uma verba superior a 40 mil reais para casa Escola. A maioria dos representantes das agremiações entende que não é mais possível realizar um Carnaval de qualidade com esse montante, daí a reivindicação de um valor mais elevado.

            Ocorre que o Projeto de Lei que trata a questão da verba ainda não foi votado pela Câmara Municipal, tendo sido apenas apreciado em primeira sessão, para ser melhor discutido em outra e depois votado. Minha opinião: parece uma manobra política dos vereadores e partidos para aguardar a definição do Recurso Especial em Brasília.

            Além disso, existem outros dois fatores a considerar. Um é que o prefeito eleito, Francisco Carlos, segundo consta, estaria descontente com os valores da licitação proposta para a montagem da Avenida Carnaval, que de acordo com ele, “estão muito altos”. O outro, diz respeito à disponibilização da verba para as Escolas, que somente seria possível entre o final de janeiro e o início de fevereiro, praticamente às vésperas da festa, o que deixaria a todos numa “saia justa”. Estes dois pontos levam Francisco Carlos a não desejar realizar o Carnaval.

            E olha que estamos falando de Francisco Carlos porque foi o prefeito eleito, embora acreditemos que as questões também preocupem Miguel Sampaio, em razão dessa indefinição do rumo político da cidade. No modo de entender de algumas pessoas, a não realização do Carnaval seria um alívio para os dois, nesse início de administração. Agora, efetivamente, se vai ou não haver Carnaval, é um caso a pensar. Uns dizem que sim; outros dizem que não!

2 respostas para “Guaratinguetá: Carnaval 2013 – indefinições pairam no ar!”

  1. Vitoria Lemes disse:

    carnaval! logico q tm q tr! por mim q va todos q nao gostao de carnaval pro inferno, pk o carnaval eh pra nos alegrar! qm nao gosta d carnaval q fike com a opniao pra elas msm! tnc! eu amo carnaval,e eu concordo com a minha amiga ericka crystinna! eu tbm me apresentava no bonecos, agr eu sai mais ainda continuo adorando carnaval! esse prefeito francisco carlos tem que deixar ter carnaval sim, ou vai sr soh um tumutuo aq! o carnaval eh uma festa ond tem alegria! qm nao gosta q vai pra pqp pu tnc! desculpa xingar mais eh tdo………! carnaval no dia dele logico! msm si nao tivr carnaval vou colar na avenida!!!

  2. mais eh logico q o carnaval tem que acontecer! aqi em guara eh a melhor coisa que tm! manda o francisco carlos pra ………! carnaval sempre aconteceu aqi, agr soh pk mudou o prefeito nao tm carnaval, eu sou de uma escola de samba bonecos cobicados! entao eu qero me apresentar no carnaval! e eu sei que tem varias pessoas que qeroem q tenha carnaval!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.