Vitrine do samba

Unidos da Tijuca: Tem Padre no Samba


Publicado em 13 set 2018

Unidos da Tijuca: Tem Padre no Samba

 

Sob as bênçãos do Padre Omar
Parceria busca na fé a força para vitória no samba da Unidos da Tijuca

 Em busca do tricampeonato na escola do Borel, a parceria dos compositores, Totonho, Dudu, Marcelinho Moreira e Fadico recorreram a fé para seguir na disputa de samba-enredo.

Os compositores que no ano passado tiveram a participação da cantora Mart’nália na feitura da obra que homenageou Miguel Falabella. Para o carnaval de 2019, o convidado para a gravação do clipe oficial da parceria foi o Padre Omar, reitor do Santuário Cristo Redentor do Corcovado.

– Em tempos de intolerância de todos os níveis, queríamos sobretudo levar uma mensagem de amor e paz. Não sabíamos como chegar ao Padre e foi através do maestro Jorge Mário, que fez o convite e ele aceitou prontamente. Sinceramente, acho que conseguimos com esse samba alcançar o coração das pessoas e isso não tem preço, enfatiza Fadico.

A música como instrumento de evangelização
O padre que desde 1997 vivência uma história com a música, defende o diálogo cultural como sua bandeira, utilizando a música como instrumento de evangelização, recorrendo inclusive ao samba, gênero musical muito apreciado pelo reitor.

Em 2018 ele gravou o cd Samba de Fé com a participação de várias referências do samba como o Grupo Fundo de Quintal, Mumuzinho, Xande de Pilares e outros.

Sobre a sua participação no clipe, o padre ressalta:

– O samba orante da Unidos da Tijuca evidencia a fé, a religião e o amor que existe no universo do samba, que respeitosamente será apresentado no Carnaval.

Crédito da Foto (estúdio): Isaque Assis
Crédito da Foto (Padre Omar): Divulgaçã

.
Angélica Zago
Assess. de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.