Vitrine do samba

Coluna Samba & Cia: Dúvidas à vista!


Publicado em 17 out 2012

DÚVIDAS À VISTA!

Ala das Baianas de Bonecos Cobiçados 2012

            Algumas pessoas cobram o fato de algumas agremiações de Guaratinguetá ainda não terem divulgado seus enredos para o próximo Carnaval. Há quem diga que isso não passa de uma estratégia das Escolas perante as concorrentes. Não é. Na verdade, tudo está diretamente relacionado ao resultado das eleições municipais.

Segundo fontes, o problema gira em torno de um documento assinado pelas Escolas de Samba e encaminhado à Prefeitura Municipal através da OESG, antes das eleições, onde as agremiações solicitam uma subvenção de 80 mil reais para cada uma realizar o seu carnaval. Uma cópia foi enviada para a Câmara Municipal.             Segundo bastidores, tal compromisso foi aceito pelo prefeito Júnior Filippo e assim ajustado com as Escolas. Só que o candidato à sucessão municipal não venceu as eleições. Então…

Como se sabe, o vencedor do pleito foi Francisco Carlos, que por sua vez, de acordo com fontes, é favorável à realização do carnaval guaratinguetaense, mas com uma subvenção de 40 mil reais apenas, a metade daquilo almejado pelas filiadas à OESG. Ora. Sendo assim, ocorrem cinco hipóteses.

A primeira, de que todas as seis Escolas de Samba da cidade aceitem os 40 mil e com esse dinheiro organizem seus desfiles, fazendo-as recuar diante do pedido inicial. A segunda, de que parte das agremiações aceite os 40 mil e por isso apenas algumas estejam na avenida, quebrando assim o acordo entre elas, pois pelo menos uma entende ser inviável realizar um carnaval de qualidade só com 40 mil de subvenção. Então, quantas e quais aceitariam?

            A terceira é a de que o poder público ceda e destine a cada Escola os 80 mil pleiteados. Acho pouco provável, mas… A quarta, de que todas as Escolas de Samba não desfilem, se a prefeitura se mantiver irredutível no tocante a verba por ela oferecida. É possível.

            E a quinta, de que a Prefeitura Municipal recue e decida por si não realizar o carnaval da cidade nos moldes tradicionais, alegando falta de condições. Eis o “x” da questão, pois é do conhecimento geral de que tal episódio já aconteceu antes, na gestão do mesmo Francisco Carlos, à época prefeito municipal. É possível, por que não? E é essa a preocupação das Escolas. E esse é o impasse!

.

Mário Santos – jornalista
e-mail: mariosantos@mail.com

2 respostas para “Coluna Samba & Cia: Dúvidas à vista!”

  1. Carlos disse:

    Com a prefeitura devendo R$19milhões o povo ainda se preocupa com carnaval???

    Quem vai pagar a dívida da prefeitura? As escolas de samba?

  2. João disse:

    Tomara que o Francisco Carlos ceda os 80 mil, porque com esse valor o carnaval guaratinguetaense ja sofre para conclusão de um bom desfile. Com 40 mil tornasse inviável fazer um bom carnaval.
    Estou na torcida de que tu de certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Todos os direitos reservados à Conquista Marketing e Propaganda - 2005 à 2011.