Rosas de Ouro: Seis obras chegam à semifinal do concurso de samba-enredo da Escola

Publicado por Rota do Samba em

Rosas de Ouro: Seis obras chegam à semifinal do concurso de samba-enredo da Escola

Rosas de Ouro-159

Após as apresentações dos 18 sambas que foram divididos nas chaves Azul (04/09) e Rosa (11/09), seis sambas chegaram a semifinal de um dos concursos mais disputados da elite carnaval paulistano.

Nessa sexta-feira (18/09) as seis parcerias semifinalistas farão grandes apresentações, a partir das 23h, na quadra social da Sociedade Rosas de Ouro. O valor da entrada é R$20.

Um dos concursos de samba enredo mais comentados e disputados do carnaval chega a semifinal com seis belíssimas obras que serão defendidas em quadra daqui dois dias para a escolha do hino do carnaval 2016 que traz o tema “Arte à flor da pela. Minha história vai marcar você”, idealizado pelo carnavalesco André Cezari. Ao final das apresentações, dois sambas serão desclassificados e quatro permanecerão na concorrida disputa para a grande final que acontecerá dia 25 de setembro.

Com as mudanças realizadas no concurso para este ano, as parcerias conseguiram investir mais na produção dos CD´s e, principalmente, nas apresentações em quadra que se tornaram grandes shows com a presença de importantes intérpretes do carnaval de São Paulo e Rio de Janeiro, como Fredy Vianna (Mancha Verde), Carlos Jr. (Império de Casa Verde), Vaguinho, Agnaldo Amaral (Nenê de Vila Matilde), Celsinho Mody (Acadêmicos do Tatuapé), Nêgo (Imperatriz Leopoldinense), Vander Pires, Emerson Dias (Grande Rio).  Um show a parte, fica por conta das torcidas dos sambas com uniformes, bexigas, faixas, chuva de papel picado, serpentinas que empolgam todos os presentes.

A ordem de apresentação foi decidida na última terça-feira, durante reunião dos compositores, realizada na Rosas de Ouro, através de sorteio. Antes das execuções dos sambas concorrentes, haverá a abertura da quadra com esquenta da bateria do Mestre Rafael Oliveira (Mestre Rafa), time de canto do intérprete oficial Darlan Alves, roda de pavilhões, baianas e passistas e, ao final, o mestre de cerimônias José Silva apresentará as parcerias na seguinte ordem:

1° – samba 11 – dr. João Piccirillo e cia
2° – samba 31 – Paulinho do Ó e cia
3° – samba 40 – Vandir e cia
4° – samba 05 – Armênio Poesia e cia
5° – samba 10 – Vaguinho e cia
6° – samba 08 – Thiago de Xangô e cia (“Samba dos Gordinhos”)

Enredo

O tema é de autoria do carnavalesco André Cezari, que assumiu o cargo este ano. “Desenvolver esse enredo em uma grande escola de samba era o meu sonho. Ele é rico em história, diversificado, intenso e criativo. Além de mexer com algo que já está marcado em nossa alma. A tatuagem é só a arte exposta do que está dentro de cada um”, conta André.

Sociedade Rosas de Ouro

Fundada em 1971, na Brasilândia, bairro da zona Norte de São Paulo, a Sociedade Rosas de Ouro foi campeã do Carnaval de São Paulo por sete vezes. A Rosas de Ouro é administrada há onze anos por Angelina Basílio, filha de um dos fundadores e eterno presidente, Eduardo Basílio, que faleceu em 2003.

Uma das agremiações mais tradicionais de São Paulo, conquistou o último título em 2010 com o enredo “Cacau é Show”. Neste ano, a escola ficou em terceiro lugar com o tema “Depois da Tempestade, o Encanto”. Em 2016, a Rosas de Ouro será a quarta escola do grupo especial que passará pelo Sambódromo, na sexta-feira (05/02).

.
Lara Schulze  – Assessoria de Imprensa


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.